Instalação e manutenção de portas de madeira contribuem para assegurar a vida útil do produto

Site-01-1

A ABNT publicou a norma que orienta sobre o correto armazenamento, manuseio, instalação e manutenção porta de madeira.  

Para evitar danos, avarias e patologias nas portas de madeira e principalmente que sua vida útil não seja comprometida, alguns cuidados devem ser tomados já quando o produto chega na obra. Com objetivo de trazer orientações e minimizar os problemas, que geram retrabalhos e, especialmente, custos às obras, a ABNT publicou a quarta parte da norma de portas de madeira, a ABNT NBR 15930 – Portas de madeira para edificações – Parte 4: Instalação e manutenção que norteia os envolvidos quanto aos processos de recebimento, armazenamento, manuseio e instalação do produto. 

A parte quatro da norma complementa as três primeiras partes da ABNT NBR 15930 – Portas de madeira para edificações, que já balizam os fabricantes quanto aos perfis de desempenho de acordo com a localização e uso.

“Acreditamos que com a sua publicação e prazo para adequação das partes envolvidas, será possível observar uma alteração da abordagem técnica e de garantia pelas partes, um aumento significativo do domínio e das práticas para o bom funcionamento do produto, bem como, o surgimento do fomento à capacitação técnica em todo o Brasil. A norma tinha esta lacuna no que diz respeito a instalação e manutenção das portas de madeira, não possuindo padrões mínimos conforme perfil de desempenho”, destacou o coordenador da Comissão de Estudos de Portas de Madeiras (CE-12) do Comitê de Madeiras da ABNT (CB-031), Neiton José Caetano.

Entre os principais diferenciais da nova norma está o esclarecimento em relação ao manual de instruções que as empresas fabricantes de portas devem disponibilizar aos clientes no momento da entrega do produto. “O material deve conter instruções como por exemplo:  o recebimento e conferência das portas na obra, armazenamento e manuseio, preparação, verificação das condições e conferência da geometria e dimensões do vão em que a porta será instalada entre outras”, destacou Neiton.

A norma destaca ainda o papel do usuário no cumprimento da vida útil da porta. Ele deve realizar a limpeza e manutenção do produto conforme o manual de uso, operação e manutenção entregue pelas construtoras no momento da entrega técnica do imóvel. Este procedimento é indispensável para que o usuário tenha o conhecimento e cumpra as orientações do fabricante de portas. 

A parte quatro da norma está disponível no botão abaixo: 

Contato
+55 (41) 3225-4358
psqportas@abimci.com.br
Endereço

Av. Comendador Franco, 1341
Campus da Indústria – Jardim Botânico
Curitiba (PR) – CEP: 80.215-090

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade

Sou Participante

Acesse a área restrita