Manutenção e conservação das ferragens: conheça a importância do procedimento

Site-02

Procedimentos de manutenção fazem parte do nosso dia a dia. É comum levarmos carros e computadores para revisão e manutenção. Isto é necessário para que eles continuem desempenhando suas funções de acordo com as especificações que foram projetadas. Com as ferragens das portas não é diferente. Alguns cuidados preventivos periódicos devem ser tomados para que as portas não sofram danos, continuem funcionando dentro do padrão projetado e cumprindo com sua vida útil de projeto estabelecida. 

Alguns procedimentos de manutenção devem ser realizados semanalmente, outros a cada seis meses, um ano ou durante ações específicas. Um detalhe importante é que alguns são de responsabilidade do usuário e outros o serviço deve ser realizado por um profissional de manutenção especializado. A tabela abaixo apresenta orientações para cada situação:

Manutencao fechaduras
Fonte: Manual de instalação, uso, operação e manutenção de fechaduras de embutir – Abimcon/ Siamfesp.

Roney Honda Margutti, gestor do CB-248 (Comitê Brasileiro de Esquadrias, Componentes e Ferragens em Geral), responsável pela elaboração das normas técnicas de dobradiças e fechaduras, destaca que deve ser dada atenção aos produtos utilizados na limpeza e lubrificação das ferragens. “Às vezes a falta de manutenção faz com que a chave não entre corretamente e o usuário acaba aplicando produtos inadequados como óleos, o que pode gerar algum tipo de reação química com os materiais ocasionando a corrosão ou travar o dispositivo”, ressalta. No caso das dobradiças, ele afirma que a manutenção adequada é essencial para manter a vida útil dela, assim como das portas. “Às vezes as dobradiças ficam muito secas, sofrem ação da poeira ou ficam em contato com intempéries, tudo isto pode acarretar em rangidos, o que prejudica o desempenho em termos acústicos da porta, e o empenamento da folha, deixando-a “caída”. O correto ajuste e manutenção das dobradiças vai permitir que as portas funcionem dentro do seu esquadro, fechando adequadamente”, orienta. 

Além disto, caso seja necessário realizar a pintura da porta é imprescindível a retirada da fechadura porque as fitas dupla face ou crepe como forma de isolamento podem danificar os acessórios e nem sempre impedem que a tinta penetre no interior da fechadura, podem manchá-la ou comprometer o seu funcionamento. 

Todas as orientações podem ser encontradas nas normas técnicas ABNT NBR 7178 – Dobradiças de abas – Especificação e desempenho e ABNT 14913 – Fechadura de embutir – Requisitos, classificação e métodos de ensaio e também a ABNT NBR 15930 – Portas de Madeira para Edificações.

Contato
+55 (41) 3225-4358
psqportas@abimci.com.br
Endereço

Av. Comendador Franco, 1341
Campus da Indústria – Jardim Botânico
Curitiba (PR) – CEP: 80.215-090

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade

Sou Participante

Acesse a área restrita