Porta escolhida? Atenção com a instalação!

Site-01

Atender o desempenho da porta vai além do projeto e especificação, a instalação, por exemplo, é um ponto crítico para manter a qualidade final do produto. Independente da estética ou perfil de desempenho da porta de madeira especificada para um ambiente, se ela não for adequadamente instalada, não será possível que ela cumpra o desempenho projetado. Por exemplo, se a porta escolhida for uma PIA (Porta Isolante Acústica) ela só poderá atingir o isolamento acústico esperado/projetado, caso o seu conjunto de folha, marcos e alizares estejam corretamente instalados. Uma fresta deixada na instalação compromete o desempenho deste produto, por exemplo. A mesma situação ocorre com os demais tipos de portas.

Um ponto essencial que deve ser levado em consideração é que a instalação adequada começa muito antes da instalação em si, afinal é ainda na fase de projeto que devem ser especificadas as dimensões do vão (tanto para fixação com espuma PU, quanto para fixação mecânica). A norma técnica de portas de madeira (ABNT NBR 15930-2:2018), apresenta as especificações das tolerâncias para as dimensões e geometria do vão da porta.

Para que a porta apresente melhor acabamento e seja instalada com mais facilidade, deve-se seguir o checklist de instalação (apresentado no Anexo A da ABNT NBR 15930-4) e as recomendações adicionais para preparação do vão, confira:

 a) verificar se as dimensões e geometria do vão estão adequadas para a porta especificada (largura, altura, espessura da parede, esquadro, prumo e nível do piso);

 b) verificar se o vão de alvenaria está com a geometria e a argamassa adequadas para a fixação da porta e se o vão de paredes drywall recebeu o reforço conforme a massa da porta; 

 c) verificar se o acabamento do vão está adequado para a instalação, com argamassa curada, sem aplicação de massa corrida e tinta na área de fixação da porta e, no caso de drywall, sem resíduos de óleos e graxas ou chapas aplicadas nos vãos dos perfis metálicos;

 d) verificar se o piso da porta que divide uma área seca de uma área molhada ou molhável tem um desnível de 10 mm para instalação da porta na parte mais alta, ou soleira equivalente.

Instalação das portas PIM e PEM

Para a instalação de portas é necessário seguir as orientações do roteiro de instalação do kit porta apresentado abaixo:

Abnt nbr 15930 4 tabela e1 01

No caso das portas PIM (Portas Internas de Madeira) e PEM (Portas de Entrada de Madeira), além das instruções apresentadas acima, deve-se aplicar espuma expansiva (PU) no marco em no mínimo três pontos em cada montante e garantir que a fresta da porta com o piso tenha folga de 7 mm. 

Abnt nbr 15930 4 anexo f 01

Recomenda-se também que a porta não seja utilizada como elemento de segurança durante o período de obras e que seja reduzido ao máximo o uso da porta após a instalação até a entrega da obra ao usuário final.

Já no caso da instalação da porta PEM em unidade autônoma ou em compartimentos específicos de edificações, recomenda-se a aplicação da espuma PU em 100% do vão para melhor vedação acústica da porta com o vão e instalar, opcionalmente, fixadores mecânicos (parafusos com buchas) pela face interna, para melhor segurança da unidade.

Abnt nbr 15930 4 anexo g 01

Mais informações sobre a instalação de portas PIM e PEM, assim como de outros perfis de desempenho podem ser conferidas na norma técnica ABNT NBR 15930 partes 2 e 4:

Contato
+55 (41) 3225-4358
psqportas@abimci.com.br
Endereço

Av. Comendador Franco, 1341
Campus da Indústria – Jardim Botânico
Curitiba (PR) – CEP: 80.215-090

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade

Sou Participante

Acesse a área restrita