Saiba como receber e armazenar portas de madeira na obra

Site-01-1

Falta de cuidado com os procedimentos contribui para a ocorrência de patologia no produto, comprometem o desempenho e a vida útil.

Quando uma obra está se aproximando do fim, o espaço até então, ocupado por vergalhões, tijolos e cimento vai sendo ocupado por materiais de acabamento como cerâmicas, pisos, esquadrias e portas de madeira. Para que eles possam desempenhar suas funções com a qualidade que foram projetados e fabricados, alguns cuidados primordiais devem ser tomados pelos fabricantes e equipe de obra. São medidas simples que evitam a deterioração dos produtos e surpresas no meio do caminho. 

Quando falamos em portas de madeira, especial atenção deve ser dada para o momento que ela chega na obra. Esse prazo deve ser no máximo de 60 dias antes da instalação. O produto deve estar embalado pelo fabricante com um material que garanta a sua integridade, que pode ser, por exemplo, com papelão ou plástico. Além disso, as portas devem ser  identificadas por meio de etiqueta no produto, com o endereço de instalação, ou seja, o empreendimento, andar, unidade e ambiente de instalação. Alguns aspectos devem ser organizados na obra antes do recebimento, confira algumas dicas:

  1. As portas devem ser armazenadas em local seguro, afastado da circulação de pessoas e equipamentos; 
  2. O ambiente de armazenamento deve ser seco, coberto, livre de poeiras e incidência solar direta; 
  3. As portas devem ser dispostas sobre estrados do tipo palete, fora do contato com o piso e em local livre de alagamentos.

Durante o armazenamento, deve-se tomar cuidado para que as portas não sejam deformadas por sobrepeso de lotes com altura elevada. Além disso, o manuseio de uma porta ou de uma folha deve ser sempre feito por no mínimo duas pessoas, pegando nas extremidades e transportando sem causar qualquer tipo de dano (bater, raspar, molhar etc.).

Os componentes de madeira da porta (folha, marco e alizar) devem ser armazenados sobre um estrado de madeira ou plástico, com base do tipo palete, para permitir movimentação mecanizada, com empilhamento tendo no máximo 2 m.

Abnt nbr 15930 4 figura 1 01

Já para o armazenamento do kit porta, deve ser considerado o padrão dimensional da porta, ou seja, peso e tamanho da porta. No caso do kit porta pesado ou superpesado (folha de porta acima de 20 kg/m²), o mesmo deve ser armazenado com o montante do marco do lado das dobradiças como apoio sobre um estrado de madeira ou plástico, com base do tipo palete, para permitir movimentação mecanizada, com empilhamento máximo de 2 kits porta ou 2 metros, o que for mais crítico.

Abnt nbr 15930 4 figura 2 01

Para o kit porta com padrão dimensional leve ou médio (folha de porta entre 6 kg/m² a 20 kg/m²), o armazenamento pode ser realizado na posição vertical apoiado nas paredes do ambiente com empilhamento máximo de 18 kits, ou 500 kg, o que for mais crítico, sendo mantidas as demais condições previstas para armazenamento e observada a resistência da parede compatível com a carga.

Abnt nbr 15930 4 figura 3 02

A parte 4 da norma técnica de portas de madeira para edificações (ABNT NBR 15390-4) focada especificamente em instalação e manutenção traz esses procedimentos e orientações para essa etapa de recebimento e armazenamento, evitando que fatores externos prejudiquem o produto e comprometam seu desempenho.

Para saber mais sobre recebimento, armazenamento, instalação e manutenção de portas de madeira para edificações acesse a parte 4 da norma clicando no botão abaixo:

Contato
+55 (41) 3225-4358
psqportas@abimci.com.br
Endereço

Av. Comendador Franco, 1341
Campus da Indústria – Jardim Botânico
Curitiba (PR) – CEP: 80.215-090

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade

Sou Participante

Acesse a área restrita