Selo Casa Azul + CAIXA incentiva a sustentabilidade em obras habitacionais

The tree home in plant for  real estate concept 3d rendering

Implementado há quase três anos, o selo abrange empreendimentos habitacionais que adotam práticas sustentáveis, valoriza imóveis e atende a demanda crescente por produtos alinhados às políticas ESG

Desde julho de 2021, o Selo Casa Azul + CAIXA tem promovido e incentivado a adoção de práticas sustentáveis nos projetos habitacionais. É um instrumento de ESG  (do inglês Environmental, Social and Governance, ou seja, políticas ambientais, sociais e de governança) que abrange as construções que adotam soluções eficientes em todas as etapas do processo, iniciando pela elaboração do projeto até a manutenção das edificações.

A certificação abrange condomínios e loteamentos financiados por clientes pessoa jurídica e oferece uma série de vantagens para investidores e compradores. Em épocas em que pesquisas apontam que o consumidor está mais atento às empresas que estão aplicando o ESG em suas rotinas, optar por empreendimentos certificados pode significar economia de custos a longo prazo, especialmente em eficiência energética, e atendimento a essa crescente demanda por produtos sustentáveis.


E o Selo Azul se inclui nessas práticas pois, além de contribuir para a preservação do meio ambiente, agrega valor ao imóvel. As edificações certificadas são projetadas para serem mais eficientes energeticamente, o que resulta em economia de custos operacionais. A certificação também demonstra o compromisso com práticas sustentáveis, o que é cada vez mais valorizado por consumidores conscientes.


Dentro do escopo dos critérios de sustentabilidade do Selo, as portas de madeira desempenham um importante papel. São produtos que utilizam matéria-prima renovável e uma alternativa para reduzir o impacto ambiental da construção. Além disso, as portas de madeira têm um ciclo de absorção de carbono que inicia na árvore plantada, permanece no produto fabricado e continua fixando mesmo após deixarem de ser utilizadas como portas. Essa capacidade da cadeia produtiva de retenção de carbono se mantém ao longo da vida útil do produto.

As portas de madeira certificadas também contribuem para esse cenário, os produtos além de ter desempenho técnico comprovado, devem atender a uma vida útil de projeto mínima, isso significa que são substituídas com menos frequência, o que contribui para a redução de resíduos e minimiza os impactos ambientais. Além disso, a edificação deve prever o atendimento à NBR 9050 e as portas de madeira com acessibilidade contribuem para atender a este requisito.


Nesse sentido, o uso de portas de madeira certificadas contribui para que o projeto receba o Selo Casa Azul, além de agregar valor à edificação. A madeira é um recurso natural que, quando manejado de forma responsável, pode ser uma fonte sustentável e inesgotável. 


O Selo Casa Azul + CAIXA representa avanço importante na promoção da sustentabilidade na construção habitacional no Brasil. Ao escolher empreendimentos certificados, investidores consumidores têm acesso a moradias eficientes e sustentáveis. 

Saiba mais sobre o Selo Casa Azul + Caixa .

Contato
+55 (41) 3225-4358
psqportas@abimci.com.br
Endereço

Av. Comendador Franco, 1341
Campus da Indústria – Jardim Botânico
Curitiba (PR) – CEP: 80.215-090

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade

Sou Participante

Acesse a área restrita